PALMAS

ECONOMIA

Auxílio Brasil é pago hoje a beneficiários com NIS final 6

Publicados

ECONOMIA

A Caixa Econômica Federal paga hoje (24) a parcela de novembro do Auxílio Brasil aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final 6. Essa é a quarta parcela com o valor mínimo de R$ 600, que vigorará até dezembro, conforme emenda constitucional promulgada em julho pelo Congresso Nacional.

A menos que uma nova proposta de emenda à Constituição (PEC) seja aprovada, o valor mínimo do Auxílio Brasil voltará a R$ 400 em janeiro. No último dia 16, o vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin, entregou PEC ao Congresso, prevendo exceção de R$ 175 bilhões no teto federal de gastos, que permitiria a manutenção do valor em R$ 600 e o pagamento de R$ 150 extras a famílias com crianças de até 6 anos. O programa voltaria a se chamar Bolsa Família.

A emenda constitucional aprovada em julho liberou a inclusão de 2,2 milhões de famílias no Auxílio Brasil. Com isso, o total de beneficiários subiu para 20,2 milhões neste semestre. Tradicionalmente, as datas do Auxílio Brasil seguem o modelo do Bolsa Família, que pagava nos dez últimos dias úteis do mês.

Leia Também:  Holanda anuncia compra de cinco aviões cargueiros da Embraer

O beneficiário poderá consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

Calendário de pagamento do Auxílio Brasil Calendário de pagamento do Auxílio Brasil

Divulgação/Caixa

Benefícios básicos

O Auxílio Brasil tem três benefícios básicos e seis suplementares, que podem ser adicionados caso o beneficiário consiga emprego ou tenha filho que se destaque em competições esportivas, científicas ou acadêmicas

Podem receber os benefícios extras as famílias com renda per capita de até R$ 100, consideradas em situação de extrema pobreza, e de até R$ 200, em condição de pobreza.

A Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o Auxílio Brasil. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para integrar o programa social, os nove tipos diferentes de benefícios e o que aconteceu com o Bolsa Família e o auxílio emergencial, que vigoraram até outubro do ano passado.

Auxílio Gás

Neste mês não há o pagamento do Auxílio Gás, que beneficia famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Como o benefício só é concedido a cada dois meses, o pagamento voltará em dezembro.

Só pode receber o Auxílio Gás quem está incluído no CadÚnico e tenha pelo menos um membro da família que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC). A lei que criou o programa definiu que a mulher responsável pela família terá preferência, assim como mulheres vítimas de violência doméstica.

Edição: Graça Adjuto

Fonte: EBC Economia

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ECONOMIA

BC anuncia mudanças sobre limite Pix; entenda

Publicados

em

Método de pagamentos entrou em vigor em 2020
Lorena Amaro

Método de pagamentos entrou em vigor em 2020

O Banco Central (BC) alterou, nesta quinta-feira (1º), as regras sobre o limite de transição feitas pelo  Pix. A medida eliminou a obrigatoriedade de limite por transação, e o máximo disponível para saque e troco durante o período diurno passa a ser R$ 3.000 e, para o noturno, R$ 1.000.

As novas regras mantêm apenas o limite por período de tempo para transações. Todas as medidas anunciadas para o Pix devem começar a valer a partir de 2 de janeiro de 2023, exceto a gestão de limites para os clientes, que devem entrar em vigor em julho do próximo ano.

Limites de transação para pessoas jurídicas também foram alterados. Após a decisão, o máximo disponível deve ficar a critério dos bancos, e as compras para a categoria devem ficar baseadas no sistema TED, não mais no cartão de débito.

Todas as medidas tomadas foram decididas durante o Fórum Pix, que aconteceu no fim de setembro de 2022.

Antes da alteração, o limite permitido era de R$ 500 durante o dia e R$ 100 a noite. Segundo o BC, a medida tem como objetivo adequar os limites aos valores disponibilizados em caixas eletrônicos por saques tradicionais. 

“Essa medida tem como objetivo adequar os limites usualmente disponibilizados nos caixas eletrônicos para saques tradicionais. Assim, com o Pix Saque, os usuários terão acesso ao serviço com condições similares às do saque tradicional”, afirmou o BC em nota.

Agora, o período noturno passa a ser opcional para cada instituição financeira, e pode passar a valer das 22h às 6h. Anteriormente, o período padrão para os bancos ficavam entre as 20h e 6h.

O BC também atualizou o sistema operacional do método de pagamento, facilitando o pagamento de salários e benefícios, como  aposentadorias e pensões, pelo Pix. 

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Leia Também:  Preços da energia elétrica são reajustados no estado do Rio

Fonte: IG ECONOMIA

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA