PALMAS

EMPREGO

Servidores param nesta quarta para reivindicar aumento no salário

Publicados

EMPREGO


source
Jair Bolsonaro
O Antagonista

Jair Bolsonaro

Servidores federais param pela terceira vez no ano nesta quarta-feira (2) para cobrar reajuste salarial do governo, após as falas do presidente Jair Bolsonaro, que privilegiou aumento aos profissionais da segurança pública, mas recuou. 

O protesto deve seguir pela Esplanada dos Ministérios e terminar na Praça dos Três Poderes e é organizado pelo Fonacate (Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado) e pelo Fonasefe (Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais), com apoio da Fenajufe (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e Ministério Público da União).

O encontro será no Espaço do Servidor (Bloco C – Ministério da Economia, Esplanada) e os organizadores pedem que seja respeitado o distanciamento social. A expectativa é que estejam presentes cerca de 200 lideranças sindicais.

Calendário de manifestações aprovado

  • 02/02/22 – Atividade simbólica, como parte do processo de mobilização pela recomposição emergencial, em Brasília/DF, com faixaço por todo o País nos órgãos e prédios públicos;
  • 07 a 11/02/22 – Rodada de plenárias estaduais e atividades virtuais “Reposição emergencial para todas e todos: 19,99% já!”;
  • 14 a 25/02/22 – Jornada de Luta em estado de greve;
  • 09/03/22 – Greve Nacional dos(as) servidores(as) Federais. (se aprovada nas assembleias).
Leia Também:  Prova para trabalhar no Censo do IBGE ocorre nesse domingo

O protesto de hoje visa chamar a atenção do Legislativo, que retorna ao trabalho hoje após o recesso, e do Judiciário, que retornou ontem. 

Ignorados pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, servidores agora recorrem ao ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, para negociar reajustes nos salários.

Representantes do funcionalismo enviaram três ofícios pedindo uma reunião no dia 2 de fevereiro com Nogueira, com o presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e com o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Luiz Fux. 

Leia Também

Ainda não houve resposta sobre o encontro, mas Sérgio Ronaldo da Silva, secretário-geral da Condsef (Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal), disse ao site Poder360 que “hoje será um dia de cobrança”.

Bolsonaro adia promessa

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse nesta segunda-feira (31) que “todos os servidores” devem ser atendidos com um “percentual bastante razoável”  em 2023. Segundo Bolsonaro, a arrecadação federal deverá crescer em 2022 e favorecer o reajuste de funcionários públicos.

Leia Também:  Vivo abre 300 vagas para profissionais com deficiência

A declaração acontece após o próprio presidente não garantir o reajuste de policiais prometido no fim do ano passado. Bolsonaro, inclusive, sancionou o Orçamento de 2022 com R$ 1,7 bilhão para o aumento de servidores da segurança pública.

Bolsonaro ainda pediu compreensão dos servidores com a impossibilidade de reajustar os salários neste ano. Há duas semanas, o governo foi alvo de manifestações de servidores da Receita Federal e Banco Central e enfrenta uma onda de pedido de demissões em autarquias.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

EMPREGO

Casa de Apoio do Governo do Tocantins atende 1.897 mil pessoas em junho com apoio de voluntários e parceiros

Publicados

em

A Casa de Apoio Vera Lúcia Pagani é um importante amparo para tocantinenses do interior, e de outros estados,  que vêm fazer tratamento de saúde nos hospitais públicos do Estado, em Palmas.  Gerida pelo Governo do Tocantins, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social ( Setas)  a instituição atendeu, no período de janeiro a junho, 1.897 mil pessoas. 

A instituição foi criada em abril de 2006, com o intuito de oferecer conforto e condições dignas a pacientes que realizam tratamento de saúde em Palmas. “Já são mais de 300 mil hóspedes que contam, gratuitamente, com acolhimento, atendimento social e hospedagem, além de quatro refeições saudáveis e equilibradas, diariamente”, afirma a gerente da Casa, Elisângela Sardinha.  

Os hóspedes são pacientes dos hospitais públicos de Palmas, Hospital Geral, Maternidade Dona Regina e Hospital Infantil. A triagem e encaminhamento para hospedagem é realizada pelas assistentes sociais, nos hospitais citados. 

O secretário da Setas, Zorivan Monteiro, destacou o trabalho realizado na  Casa de Apoio do Governo do Tocantins. ” É de grande importância por ir além de ofertar hospedagem, mas também cuidar dos pacientes, acolhendo-os num momento em que passam por grandes dificuldades. O trabalho da equipe é realizado com muita dedicação, o que passa segurança e tranquilidade para os hóspedes, resultando no apoio de voluntários e parceiros para a instituição”, ressaltou.   

Leia Também:  Alemanha estuda racionamento de gás após corte do fornecimento russo

Contribuições voluntárias 

A Casa de Apoio recebe doações e ações voluntárias de amparo emocional e espiritual para seus hóspedes. Algumas das necessidades constantes dos pacientes são roupas, calçados fechados (exigência dos hospitais), itens de higiene pessoal e alimentação complementar.  
A associação “Entre Amigos” é parceira da Casa de Apoio e doa o café da manhã, aos domingos. A presidente da associação, Rosimeire Perez de Jesus,  agradeceu a possibilidade de ajudar e afirmou que conhece o trabalho realizado pela equipe da instituição. ” É com prazer que nosso grupo de amigos realiza as doações para a Casa”. 

A paciente Maria do Socorro Ribeiro de Santana agradeceu as doações e falou da importância. “É a melhor coisa do mundo quando sentimos que outras pessoas também se importam com a gente”, afirmou.  

Por meio das contribuições voluntárias, o local oferece um cronograma diversificado de atividades, como realização de palestras, contação de histórias e até minicursos.

Estrutura 

A estrutura física da Casa é composta por mais de 120 leitos equipados com beliches e ar-condicionado, cozinha, brinquedoteca, sala interdisciplinar, parquinho, área de convivência social e capela.

Leia Também:  Carneiro assume presidência do Avante e diz que vai defender agro e reeleição de Bolsonaro

Local
A instituição está localizada a 200 metros do Hospital Geral de Palmas (HGP), o que facilita o acesso dos pacientes aos tratamentos de saúde.
 

Secretário da Setas, Zorivan Monteiro – Carlessandro Souza/Governo do Tocantins file_download

A estrutura física da Casa é composta por mais de 120 leitos equipados com beliches e ar-condicionado, cozinha, brinquedoteca, sala interdisciplinar, parquinho, área de convivência social e capela – Carlessandro Souza/Governo do Tocantins file_download

Fonte: Setas – GOV TO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA