PALMAS

TURISMO

Sabrina Sato aluga o próprio apartamento do Rio no Airbnb; veja fotos

Publicados

TURISMO

A apresentadora Sabrina Sato no apartamento no Leblon.
Airbnb/Divulgação

A apresentadora Sabrina Sato no apartamento no Leblon.

Sabrina Sato está alugando seu apartamento no Rio de Janeiro, no Leblon, Zona Sul da capital fluminense, na plataforma de hospedagem Airbnb. As reservas podem ser feitas a partir do dia 5 de dezembro.

O valor da diária ainda não foi divulgado, contudo, a artista está ofertando um desconto de R$ 1.600 para os três primeiros hóspedes que reservarem o espaço entre 5 de dezembro deste ano e 27 de fevereiro do ano que vem.  

“Escolhi o Airbnb porque me conecto muito com a ideia de comunidade e experiências, além de trazer uma infraestrutura completa, com muitos benefícios e facilidades para os futuros anfitriões que, assim como eu, desejam compartilhar um espaço na plataforma”, comenta a apresentadora. 

A campanha ainda conta com a parceria de Nany People, que será a primeira hóspede de Sabrina no apartamento no Rio.

“Fiquei extremamente feliz com o convite para participar do início dessa jornada da Sabrina como anfitriã no Airbnb. Estou super ansiosa para conhecer de perto o lar dela no Rio de Janeiro. Com certeza irei aproveitar ainda mais a minha passagem pela cidade maravilhosa”, afirma a atriz. 

Leia Também:  Destino dos Famosos: Berlim, uma cidade carregada de história

Veja as fotos do apartamento




Acompanhe o  iG Turismo também pelo Instagram e receba dicas de roteiros e curiosidades sobre destinos nacionais e internacionais. Siga também o perfil geral do  Portal iG no Telegram.

Fonte: IG Turismo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TURISMO

Viajante não cede lugar para adolescente e mãe a xinga por todo o voo

Publicados

em

‘Me recusei a trocar de lugar com o filho adolescente e a mãe me xingou o voo todo’, disse Surya Garg
Reprodução/TikTok

‘Me recusei a trocar de lugar com o filho adolescente e a mãe me xingou o voo todo’, disse Surya Garg

Trocar de assento durante um voo é assunto para debate quase sem fim, muitas vezes  os pais pedem que um passageiro ceda seu lugar na janela para que o filho pequeno possa aproveitar, e este se recusa, pois planejou com antecedência para garantir aquele assento – mas quantos anos é velho demais para trocar seu lugar para ficar perto dos pais?

A passageira Surya Garg, de Nova York, afirma que foi solicitada a trocar seu assento na janela por uma mulher que estava no assento do meio, ao lado dela, e queria que o filho dela ficasse com o assento de Garg.

“Eu perguntei: ‘Quem é seu filho?’”, lembrou ela em um vídeo publicado no TikTok. “E ela apontou para um homem de 1,80m!”

Garg conta que o menino deveria ter “no mínimo 16 ou 17 anos” e já se parecia com um adulto. Ela afirmou ainda que, enquanto estavam na fila para o embarque, o jovem estava “falando ao telefone com a namorada o tempo todo”.

“Esse não era como o ‘filhinho’ dela”, continuou Garg. “Este era, tipo, o filho dela, mas ele é quase um adulto.”

Admitindo que “não sabia o que fazer” já estando acomodada em seu assento e não querendo mudar para dar o lugar ao filho adolescente, que estava em um assento do meio algumas fileiras atrás, Garg afirmou que a disposição dos assentos se deveu ao “mau planejamento” da mãe e permaneceu em seu lugar.

Leia Também:  Aniversário do Rio de Janeiro: cidade maravilhosa comemora 457 anos

“Não quero parecer uma idiota, mas não acho que sou uma idiota nessa situação”, disse ela no clipe de 2 minutos e meio que conquistou mais de 859 mil visualizações.

“Eu disse: ‘Olha, me desculpe, não. Eu paguei a mais por este assento”, explicou ela. Porém, a mãe não aceitou a recusa e, segundo Garg, a mulher se tornou imediatamente desagradável e passou a murmurar palavrões para ela durante todo o voo.

“Esta mulher me olhou com a cara mais desagradável que eu já vi, se sentou ao meu lado no assento do meio, que foi designado para ela. O filho dela volta para o assento do meio que foi designado para ele na parte de trás e então – não estou brincando – baixinho, por todo o voo, ela ficou resmungando palavrões para mim”, lembrou Garg em descrença.

Os seguidores se mostraram solidários e garantiram que Garg não fez nada de errado e que, a princípio, ela nem deveria ter sido convidada a dar seu lugar para um homem quase adulto.

“Estou começando a pensar que não é ‘mau planejamento’, estou pensando que as pessoas estão contando com ’o Bom Samaritano’ para que não precisem pagar mais por um assento extra”, disse uma usuária da rede.

“Como uma mãe que viaja com crianças, não sei como as pessoas não planejam isso e compram os assentos juntas. Eu não entendo! Você não fez nada errado!” uma mulher a assegurou.

“Você nunca está errado por sentar no assento pelo qual pagou”, concordou outro.

Outros comentaristas até sugeriram de brincadeira que outra pessoa poderia se beneficiar da não troca. “Eu costumava ficar tão animado quando era adolescente e me separei da minha família enquanto voava”, disse um.

“Aquela criança ficou definitivamente emocionada por você ter dito não e ele não ter que se sentar ao lado dela”, comentou uma pessoa, enquanto outra acrescentou: “Você não está errada de forma alguma e me preocupo com o filho dela em todos os sentidos”.

Acompanhe o iG Turismo também pelo Instagram e receba dicas de roteiros e curiosidades sobre destinos nacionais e internacionais. Siga também o perfil geral do Portal iG no Telegram.

Fonte: IG Turismo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA